Bem Vindo ao site Poconé On Line o Portal Internacional do Pantanal. email luisfernando@poconeonline.com
Poconé - MT, 21 de Agosto de 2018, 05h51   |   Tempo: Mín. ºC | Máx. ºC
Facebook WhatsApp
(65) 9998-1070

Durante o FIPe é apresentado caiaque feito de garrafas PET

54 visualizações

CaiaquePet – Uma das estrelas do FIPe

 

Assessoria

 

Uma das grandes atrações na Praia do Daveron, no sábado, durante o 37º Festival Internacional de Pesca Esportiva em Cáceres, foi a apresentação do CaiaquePet, uma embarcação, estilo caiaque, feita totalmente de garrafas PET reutilizadas.

 

Para o vereador Cézare Pastorello (Solidariedade), um dos apoiadores do projeto, o CaiaquePET poderia ser o símbolo do 37º FIPe, ainda que a apresentação não tenha feito parte da programação oficial do evento.

 

"Fui procurado pela professora Ana Paula Barbosa e a diretora Wanclea Brandalize, ambas do Centro Educacional Dom Máximo Biennes, para conversarmos sobre o projeto. Logo me apaixonei com a possibilidade de unir conscientização ambiental com reaproveitamento de materiais e, ainda, produzindo um produto apto para o lazer ou mesmo trabalho. Mais do que a mera fabricação de um caiaque ou simples destinação de resíduos, o CaiaquePet é um Projeto Pedagógico, pois trabalha com as crianças desde a coleta das garrafas até a sua limpeza, corte, montagem e controle de qualidade", diz o vereador Cézare Pastorello.

 

Usando mais de 300 garrafas PET, os alunos da Escola Dom Máximo construíram a sua primeira unidade. Agora, com o resultado do projeto, o vereador vai buscar garantir a disponibilidade de materiais pela Autarquia Águas do Pantanal e o pagamento dos monitores pela Secretaria Municipal de Educação.

 

"Apesar da Secretária de Educação Eliene Liberato ter colaborado na captação de doações para o CaiaquePET, esse custo não deve ficar na SME, uma vez que a Autarquia Águas do Pantanal tem, entre suas funções, a de promover projetos permanentes de educação ambiental. Além do mais, devemos também buscar parceria com os fabricantes e distribuidores de bebidas, já que não existe uma política de logística reversa para as embalagens", explica o vereador Pastorello.

 

A professora Ana Paula Barbosa vai além: "Se tudo der certo, como está sendo encaminhado, podemos chegar ao ano que vem com uma grande quantidade de CaiaquePets. Daí, podemos pensar até em uma categoria de pesca embarcada somente para barcos feitos de material reciclável ou reutilizável."

 

Se isso acontecer, já podemos antecipar qual será o grande feito do 38º FIPe, no ano de 2019.

__________________________
Vereador Cézare Pastorello
www.fb.com/VereadorCezarePastorello