Chile encontra restos mortais de passageiros de avião desaparecido

0
69
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Navio de expedição científica brasileira, Almirante Maximiano, que colabora nas buscas ajudou na descoberta dos destroços do avião chileno

Parte dos destroços foram encontrados na tarde desta quarta-feira

Parte dos destroços foram encontrados na tarde desta quarta-feira

EFE/ Fuerzas Armadas de Chile

O governador da região de Magallanes, no sul do Chile, José Férnandez, informou que foram encontrados restos humanos próximo ao local onde o avião Hércules C-130 perdeu contato e desapareceu. A aeronave levava 38 pessoas a bordo com destino a Antártica.

A descoberta se deu após as Forças Armadas do Chile informarem mais cedo, que foram encontradas espumas e partes do avião flutuando no mesmo local, na passagem de Drake, que separa a América do Sul da Antártica. A região é conhecida por ser uma das mais turbulentas do planeta.

“Na tarde de hoje a Força Aérea nos deu uma notícia que nos consternou, a de que foram encontrados corpos na passagem de Drake y também parte da fuselagem que corresponde ao avião desaparecido, o Hércules C-130”, disse Fernández a EFE.

Apesar de as Forças Armadas não terem se pronunciado oficialmente, o governador informou que a informação é das próprias FFAA chilena que já conversa também com os familiares dos passageiros.

Governador José Fernandez

Governador José Fernandez

Divulgação/ Governo de Magallanes

De acordo com Fernandéz, o ministro do Interior, Alberto Espina, deverá desembarcar em Punta Arenas nesta quinta-feira (12), para “inteirar-se dos acontecimentos”. Espina já tinha programado a visita antes mesmo da descoberta dos corpos.

Em entrevista coletiva, o governador, afirmou que os destroços foram encontrados pelo navio brasileiro Almirante Maximiano. O navio polar é o mesmo que o país utiliza em pesquisas científicas na Antártica.

Sem contato

A aeronave C-130 Hércules da Força Aérea Chilena partiu com 38 pessoas a bordo da cidade de Punta Arenas, no sul do Chile, rumo à Base Aérea Antártica Presidente Eduardo Frei Montalva.

Por volta das 18h da segunda-feira (9), as torres de controle perderam contato com o avião.

Dezessete militares da Força Aérea Chilena integravam a tripulação da aeronave, que transportava também 21 passageiros que seguiram para a base de pesquisa do país no continente Antártico.

Fonte:https://noticias.r7.com/internacional/

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui