Cliente encontra larva em alimento na churrascaria Favo de Mel; veja vídeo

    0
    62
    Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

    Fabiana Mendes Olhar direto

    Uma mulher encontrou uma larva em um abacaxi que consumia na churrascaria Favo de Mel, em Cuiabá. A unidade, que tem o cantor Marrone (que faz dupla com Bruno), como sócio, sofreu com uma série de denuncias de intoxicação alimentar no final de 2019 e início de 2020. Na época, como as notificações foram tardias, não foi possível fazer exames em laboratório.

    A nova denúncia contra o estabelecimento foi feita no grupo do Facebook ‘Aonde Não Ir em Cuiabá’, neste domingo (23). Suliane Siqueira relata que há alguns dias chamou uma amiga para ir à churrascaria. A amiga, inclusive, teria alertado sobre os casos divulgados anteriormente. “Até brinquei dizendo ‘já deve ter trocado tudo, eles vão estar mais atento a isso'”, conta Suliane na publicação.

    No entanto, a cliente foi surpreendida ao encontrar uma larva em um abacaxi. Segundo ela, ao reclamar com o gerente, o mesmo teria alegado que a fruta não era de fabricação do restaurante e que, infelizmente, não poderia fazer nada. “Me pediu desculpa sim pelo acontecido. Mas como todo estabelecimento que se preze, ainda mais por se tratar de alimento, faltou um controle de qualidade”, finaliza.

    A reportagem entrou em contato com a unidade da Capital, mas recebeu a informação, através de um funcionário, que os responsáveis só chegariam por volta das 9h30. Olhar Direto também tentou contato com representante, mas até o fechamento da matéria, não foi respondida.

      Veja vídeo: 

    Outros casos

    No dia 30 de dezembro de 2019, o ex-secretário de Turismo, Luiz Carlos Nigro, denunciou a churrascaria após seus familiares e amigos passarem mal ao comer no local. Segundo ele, o fato aconteceu no Natal e, posteriormente, outro grupo também acabou, supostamente, infectado. Depois dele, a filha do ex-prefeito Roberto França e outras pessoas também relataram ter apresentado sintomas como náusea, vômito, diarréia, cefaléia, febre e dor abdominal, sinais e sintomas típicos de intoxicação alimentar.

    O restaurante chegou a fazer uma inspeção e, logo no início de janeiro, Evandro Ferreira de Oliveira, supervisor do grupo responsável pela churrascaria Favo de Mel, afirmou que nenhum indício de contaminação foi encontrado nos alimentos do estabelecimento. Segundo Evandro, havia um surto de virose na cidade, o que pode ter contribuído. Ele ainda pontuou que a cozinha está aberta para a visita do público.

    De acordo com a assessoria da Vigilância Sanitária, os primeiros casos foram atendidos num hospital particular, que não notificou a possibilidade de surto. Assim que surgiram as notificações, as equipes de Vigilância Epidemiológica e de Vigilância Sanitária foram acionadas para investigação conforme protocolos técnicos específicos.

    Mesmo assim, a equipe da Coordenadoria de Vigilância Sanitária realizou a inspeção sanitária de praxe, e encontrou inconformidades que motivaram a notificação e determinação de prazo para regularização do estabelecimento. No momento, o restaurante é monitorado pela fiscalização sanitária com o objetivo de evitar novas ocorrências de tal magnitude.

    Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui