Ex-empregada faria parte de associação criminosa para lesar pré-candidata

0
65
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Jacques Gosch e Mikhail Favalessa

Apré-candidata a Senado pelo Patriota, a tenente-coronel Rubia Fernanda Santos,  acusa uma ex-empregada doméstica de formar associação criminosa, junto com outras três pessoas, para lesar sua família. O furto de cheques de dentro da residência, situada no condomínio de luxo Alphaville, em Cuiabá,  teria ocorrido no primeiro semestre de 2018.

Embora use o nome de Coronel Fernanda na disputa ao Senado, sua patente é de tenente-coronel. Ou seja, ainda não chegou ao posto máximo na hierarquia da Polícia Militar.

O caso foi denunciado pelo Ministério Público Estadual (MPE) como furto, estelionato e formação de quadrilha em março do ano passado. Agora, tramita na Justiça Criminal de Cuiabá sem que a ex-doméstica ou seus supostos comparsas tenham sido condenados.

Bando furtou 3 folhas de cheques no valo de mais de R$ 10 mil de casa da coronel Fernanda, que estavam no nome do marido e da sogra da pré-candidata

O grupo conseguiu descontar duas folhas, no valor de R$ 3 mil e R$ 2,5 mil. No entanto, foi pego em flagrante com um cheque de R$ 5 mil.

No caso dos R$ 3 mil, o cheque era de R$ 300, mas um zero foi acrescentado e passou despercebido no caixa do banco. E a folha de R$ 2,5 mil foi descontada sem alteração.

Quando foram descontar o cheque de R$ 5 mil, o funcionário do banco percebeu uma quantidade inferior no valor por escrito e entrou em contato com o tenente coronel Wanderson. No entanto,  foi atendido pelo filho da vítima e descobriu que o cheque havia sido furtado e que fosse descontado.

A ex-empregada e os demais denunciados pelo MPE estão sendo assistidos pela Defensoria Pública. O caso não teve novos andamentos após o acolhimento da denúncia.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.