DJ teria sido morto por agredir namorada e ameaçar cunhado de morte

    0
    20
    Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

    Da Redação – Fabiana Mendes Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

    Uma operação com objetivo de esclarecer o homicídio de Renan Eidt, 37 anos, conhecido como “Dj Dudinha”, foi deflagrada pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (29), para cumprimento de seis ordens judiciais. O crime ocorreu na noite de 22 de junho, no bairro São Mateus, em Sorriso (a 420 quilômetros de Cuiabá).

    Segundo informações da Polícia Civil, no dia do crime, o DJ estava em uma tabacaria, quando chegaram dois homens armados e atiraram. O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, porém a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

    Logo após os fatos, a equipe da Polícia Civil iniciou as investigações conseguindo chegar a suspeitos de envolvimento no crime, que tiveram as ordens judiciais de buscas e apreensão e de prisão temporária representadas pelo delegado Nilson André Farias.

    Segundo as investigações, a família da vítima é ligada a uma facção criminosa e o crime teria sido motivado pelo fato de ele ter agredido a sua namorada e ameaçado de morte o irmão dela.

    Na operação desencadeada nesta quarta-feira (29) foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão domiciliar e dois mandados de prisão temporária, além de serem apreendidos quatro dispositivos telefônicos que auxiliarão as investigações.

    Um terceiro mandado de prisão será cumprido contra um detento do presídio município e um quarto suspeito continua foragido.

    Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.