VG vai construir área de lazer com ciclovia, calçadão, quiosques e estacionamento em orla

    0
    71
    Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
    EM ATÉ DOIS ANOS

    Da Redação – Michael Esquer Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

    Em dois anos, a cidade de Várzea Grande deverá contar com uma área de lazer com pista para caminhada, ciclovia, rampa, quiosques, estacionamento, cobertura para food trucks, arquibancada e mirante na Orla do Rio Cuiabá. A novidade foi anunciada em publicação desta quarta-feira (7), onde a Secretaria de Coordenação e Governança do Patrimônio da União do Ministério da Economia (SPU/ME) anunciou  a concessão e a implantação do Projeto de Reurbanização e Requalificação da Orla do Rio Cuiabá no município.

    De acordo com informações da assessoria, o local, que é avaliado em mais de R$ 4,3 milhões, também tem entre seus objetivos fomentar a economia local. A ação ocorre no âmbito do Programa SPU+, que inclui a destinação de ativos para atender políticas públicas e consta da Portaria nº 2.438/21, publicada nesta quarta-feira (7/4) no Diário Oficial da União (DOU).

    Quanto a área do imóvel, esta totaliza 14.608,78 m², sendo 327 m² para exploração comercial. O município terá o prazo de dois anos, a contar da data da assinatura do contrato, para atender à finalidade da cessão e implantar calçadão, ciclovia, escada rampa, três quiosques, estacionamento e cobertura para food trucks, arquibancada e mirante, além de recuperar e ampliar a pista inferior e o centro cultural.

    Para o secretário de Coordenação e Governança do Patrimônio da União do Ministério da Economia, Mauro Filho, a medida permitirá que o local passe a ter uma boa infraestrutura, contribuindo, assim, para o fomento da economia regional. “A SPU enxerga um grande potencial nesse imóvel. Ele atrai investimentos e viabiliza a geração de empregos e renda aos cidadãos desde o início da implantação do projeto. Esse é um dos objetivos do Programa SPU+: monetizar os ativos e beneficiar seus donos, o povo brasileiro”, afirma Mauro Filho.

    Cessões como essa estão previstas no Programa SPU+, assim como as ações de alienação, concessão e racionalização dos imóveis sob gestão da Secretaria. O programa visa ativar a economia ao gerar recursos de R$ 110 bilhões em imóveis da União até 2022.

    O imóvel será cedido em condições especiais e, como retribuição pelo seu uso, o município pagará anualmente à União o valor de R$ 1.851,67. Além disso, poderá locar ou arrendar a área destinada à exploração comercial dos quiosques.
    A assinatura do contrato fica condicionada à obtenção, pelo município de Várzea Grande, de todos os licenciamentos, autorizações, documentos e alvarás necessários ao funcionamento da estrutura.

    Histórico 

    No último mês de março, a Secretaria de Coordenação e Governança do Patrimônio da União deliberou a favor da cessão do imóvel para a implantação do projeto. A decisão foi tomada durante reunião do Comitê Central de Destinação de Imóveis da União (CCD), criado para dar maior governança e conformidade ao processo decisório em relação às destinações dos ativos sob gestão da Secretaria.

    (Com assessoria)

    Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.