Parlamentar defende homem pantaneiro e o pantanal cobrando ações dos governos frente ao novo risco de incêndio em 2021

0
189
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O senhor Fabio Oliveira, vereador pelo DEM, no município pantaneiro de Poconé no Mato Grosso pretende nos próximos dias legitimar a “Frente Parlamentar Para Assuntos Ambientais” – Em Defesa do Pantanal e do Homem Pantaneiro, na Câmara dos Vereadores do Município.

“Com a criação dessa ‘bancada’ no parlamento, pretendo seguir rumo a UCMMAT (União das Câmaras Municipais do Estado) e conseguir adesão das Câmaras de Vereadores que compõe todos os municípios do Vale do Pantanal, em seguida formalizar a adesão das Câmaras dos municípios pantaneiros de Mato Grosso do Sul”, defende Fábio.

A meta do parlamentar e convencer as prefeituras, os governos dos dois estados, o governo federal, com apoio do senado e câmara federal a acelerar as medidas de prevenção contra queimadas e incêndios, criando o Plano de Defesa e Manejo do Pantanal contra incêndios.

“No inicio de abril entidades ligadas ao meio ambiente, como o Observatório Pantanal e SOS Pantanal, emitiram um comunicado alertando que os incêndios ocorridos no bioma em 2020 podem se repetir ou até se intensificar em 2021, caso as medidas de prevenção não sejam tomadas com urgência”, afirma Fábio.

As instituições ambientais recomendam a formação e manutenção de brigadas de combate ao fogo, compra de equipamentos adequados, antecipação na contratação e mobilização do Prevfogo, campanhas de orientação às comunidades pantaneiras e identificação e punição de possíveis crimes.

O vereador pretende realizar através da Câmara dos Vereadores de Poconé, uma vídeo conferencia envolvendo todas as autoridades e entidades ligadas ao pantanal tendo em vista que todas as reivindicações dos pantaneiros já foram oficiadas as autoridades através da “CARTA DE INTENÇÃO EM DEFESA DO PANTANAL E DO HOMEM PANTANEIRO”, que previu as queimadas em sua conferência ambiental ocorrida em 2018 envolvendo todos os municípios pantaneiros, sediada em Poconé.

Outro manifesto foi descrito em carta assinada pelo Observatório Pantanal e distribuída, no dia 08 de abril, a parlamentares, e representantes do Executivo como o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, ministro das Relações Exteriores, Carlos Alberto França, e o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux.

“Há uma diferença entre o que o pantaneiro, que cuidou do pantanal esses anos todos quer, e os ambientalistas. Aqui em Poconé acreditamos que devemos cuidar do homem pantaneiro, do ribeirinho e do meio ambiente, não somente do meio ambiente, imputando a condenação e prejuízos ao fazendeiro, pecuarista, hotéis e pousadas, pescadores e todas as famílias pantaneiras”, argumenta o vereador.

A meta do vereador é aproximar das discussões que ocorrem no Congresso Nacional, defendidas por institutos de pesquisa, governos, universidades e organizações da sociedade civil, colocando o homem  pantaneiro para ser ouvido de verdade.

“Tudo que for determinado pelas futuras leis, ou por omissão a realidade do pantanal irá refletir aqui, no homem pantaneiro. Vamos mais uma vez cobrar atenção ao verdadeiro homem pantaneiro que cuida do pantanal”, desabafa.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.