Marketing político para eleições 2022 Por Caique Loureiro.

0
36
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
Construir uma reputação é um trabalho contínuo e de longo prazo. Metaforicamente podemos compará-lo à edificação de um prédio. É necessário tijolo por tijolo para levantar uma construção, logo, necessita de planejamento e tempo para que a obra fique sólida e atrativa. E caso seu prédio já esteja pronto, você precisa a todo tempo fazer reparos, modernizá-lo, pinta-lo, cuidar das rachaduras. Para se construir um nome que disputará um pleito eleitoral é necessário seguir a mesma lógica.

Disputar eleição não é um processo amador ou lúdico. Não existe mais espaço para brincar de ser candidato. Uma eleição com possibilidades reais de vitória, precisa ser encarada com maturidade e profissionalismo. Certa vez, ouvi de um colega que um candidato o procurou para que coordenasse o marketing da sua campanha, embora não tivesse recursos para o desafio, porém tinha um sonho. Ele, na mais sincera resposta, disse: Eu sonho em ter uma Ferrari, mas não tenho recurso, se eu for na loja e falar isso eu sairei com uma Ferrari de lá? E ainda completou, se você não tem estrutura, reputação e capital eleitoral, gaste seu tempo e esforço com outra coisa.

Agora, sabedores da complexidade da disputa de um processo eleitoral, quero discorrer sobre o fator tempo. Estamos exatamente na tênue linha que separa os nomes que se apresentarão com imagem desejada construída na mente do eleitor, dos que desesperadamente tentarão construir em curto espaço de tempo. Quando eu falo da construção dessa imagem, ou branding (termo usado no marketing), não se trata de assumir publicamente a intenção de disputar um cargo na eleição, e sim de edificar seu posicionamento na mente do eleitor.

Muitos apostam pesado nas redes sociais como a solução desse problema. Como dizem os jovens “errado, não tá!”, porém é muito raso e imprudente achar que isso basta para construir uma reputação. É preciso entender que redes sociais são meios de levar sua mensagem ao seu público, mas compreender que a maioria esmagadora não está ali para ver conteúdo de política. Nesse momento que muitos se perdem e confundem a essência principal do processo de comunicação, que é a mensagem somada a sua decodificação e eficácia.

Usar a ferramenta redes sociais sem um diagnóstico e um planejamento de marketing, é a mesma coisa que sair com uma Ferrari pelas ruas de Cuiabá. Você desfilará lindamente, mas se não tiver o caminho a percorrer, a direção de onde você deve chegar, vai rodar até acabar seu combustível sem chegar a lugar nenhum. Então nesse momento eu introduzo o marketing político, porque é ele o GPS dessa Ferrari, é através das pesquisas, das análises e definições de estratégias, que um candidato conseguirá direcionar a sua Ferrari até o seu objetivo.

É necessário um conhecimento mais profundo e utilização das diversas ferramentas que o marketing nos apresenta. É preciso integrar estratégias às diversas plataformas de comunicação e interação com os eleitores.

Então, direciono essa mensagem aos intencionados a disputar as eleições 2022. Já está na hora de potencializar a edificação de sua imagem. Entender o contexto, diagnosticar a conjuntura e elaborar um planejamento de marketing para atingir o objetivo final: Construção da sua reputação.

Caíque Loureiro é publicitário, Especialista em Marketing e Mestrando pela ESPM/SP na  linha de pesquisa do comportamento do consumidor, sua dissertação avalia a influência das variáveis externas na decisão do voto no período eleitoral. Atua como Professor de Graduação e Pós-graduação em MT e RO,  e como marqueteiro político e cultural em Mato Grosso.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.