Escola de Poconé reúne escritores e intelectuais para roda de conversa com professores

0
644

O evento contou com apoio do Vereador de Poconé Fábio Oliveira do DEM.


Em Poconé a Escola Estadual Bacharel Ribeiro de Arruda continua inovando. Em tempo de pandemia a direção da unidade escolar está propondo a qualificação dos profissionais da educação, em especial os professores.
Desta feita a Diretora, Professora Márcia Regina, trouxe para dentro da escola a Academia Mato-grossense de Letras (AML).
A entidade representada por alguns de seus “Imortais”, trouxe seus conhecimentos para uma roda de conversa com professores que visa despertar o gosto pela literatura narrativa ou poética e descobrir novos valores que pode também auxiliar os estudantes.
Estiveram presentes professores de três escolas, sendo: Bacharel Ribeiro, Antonio João e Marechal Rondon.
A professora Suzana Helena, esteve representando a Assessoria Pedagógica de Poconé (Seduc) ao qual apoiou o evento, como já vem fazendo, frente às novidades da Escola Bacharel.
Durante o bate papo foi reconhecido que muitos alunos de hoje, não tem o hábito da leitura que gera o ócio literário” das pessoas conversarem sobre literatura.
“É importante para fomentar a leitura e escrita nas escolas trazer pessoas com mais experiência e potencializar nossas atividades em sala de aula ou mesmo nas aulas por videoconferência, e assim a Escola Bacharel está colaborando com as atividades pedagógicas”, declara Márcia.
A roda de conversa contou a participação escritor e poeta Eduardo Mahon, que falou da necessidade de difundir mais a leitura e a escrita, além da presença de outros escritores.
OS ESCRITORES:
Eduardo Mahorn é carioca e mora em Cuiabá-MT. Formado em Direito pela UFMT, é pós-graduando em Estudos Literários pela UNEMAT.
Membro vitalício da Academia Mato-grossense de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso.
Cristina Campos é graduada em Letras, mestra em Educação e doutora em Educação. Integra a Academia Mato-grossense de Letras – Cadeira 16.
Shirlene Rohr de Souza, professora da Universidade do Estado de Mato Grosso e atua no Câmpus de Alto Araguaia, entre suas obras está o livro A estética de Dicke: entre o sublime e o grotesco.
Lawrenberg Advíncula da SIlva, graduado em comunicação pela Universidade Federal de Mato Grosso e Mestre em Estudos de Cultura Contemporânea pela Universidade Federal de Mato Grosso. Atualmente é doutorando do Programa de Comunicação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro – PPGCOM-UERJ. É Professor Assistente do curso de Jornalismo da Unemat, ministrando as disciplinas Antropologia e Comunicação, Design e Planejamento Gráfico, além de ocupar as funções de Assessor de Extensão e Comunicação do Câmpus da Unemat de Tangará da Serra.