RIO CUIABÁ Homem morre afogado na Passagem da Conceição e amigos deixam local antes da chegada de socorro

0
194

Da Redação OD – Michael Esquer Foto: CBMMT

Um homem com idade entre 25 e 30 anos, que ainda não foi identificado, morreu afogado na manhã deste domingo (25), em um trecho do Rio Cuiabá que fica localizado em uma região conhecida como “Cachoeirinha”, na Passagem da Conceição, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá). Pessoas que estavam na região relataram que a vítima estava na companhia de alguns amigos, que foram embora do local antes da chegada do socorro médico.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBMMT), a corporação foi solicitada por volta de 9h10 para dar apoio a uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que se encontrava em um trecho conhecido como Cachoeirinha, em Passagem da Conceição.

No local, um homem, com cerca de 25 ou 30 anos de idade, havia sido encontrado vítima de afogamento. Uma equipe do Samu já havia confirmado o óbito da vítima. O CBM, então, esteve presente para realizar o deslocamento do corpo até a margem contrária do rio, para que este pudesse ser transferido para a responsabilidade da Polícia Judiciária Civil e da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

Conforme o relato de testemunhas que estavam no local, o homem teria chegado em Cachoeirinha com mais duas pessoas, um outro homem e mais duas mulheres, em um carro, modelo Gol, de cor vermelha. Naquela ocasião, todos teriam descido até o rio. Momentos depois, alguns deles retornaram dizendo que a vítima teria se afogado.

Aos militares, as testemunhas disseram que o homem que informou sobre o afogamento deixou o local com uma outra pessoa em uma moto. Os demais também deixaram a localidade, voltando no mesmo carro em que vieram.

Diante da situação, outras pessoas que estavam no rio começaram a realizar manobras de reanimação na vítima até a chegada do Samu e do CBMMT. Com a chegada das corporações, o corpo do homem foi deixado aos cuidados da PJC e Politec, que devem proceder com a investigação e demais procedimentos que o caso requer.