SENAR-MT INAUGURA O NÚCLEO AVANÇADO DE CAPACITAÇÃO DE SANTA CRUZ DO XINGU

    0
    58

    Fonte: ASCOM Senar

    NAC

    Nesta quarta-feira (01.12) foi dia de Inauguração de mais um Núcleo Avançado de Capacitação (Nac). Desta vez, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) entregou a unidade de Santa Cruz do Xingu. Assim como os demais, o espaço tem salas de aula, cozinha industrial equipada para receber qualquer tipo de treinamento de transformação e industrialização de alimentos, banheiros e ar condicionado.

    Além disso, o Nac também tem uma área externa adequada para receber máquinas e equipamentos para as aulas práticas dos cursos ofertados pelo Senar-MT em parceria com os Sindicatos Rurais. Em Santa Cruz do Xingu foi construído ao lado do Sindicato Rural.

    O presidente do Sindicato Rural, Otalécio Januário de Sá conta que ver a unidade pronta para ser utilizada é a realização e um sonho. “Tivemos várias dificuldades ao longo da obra, mas agora temos um local adequado para capacitar mão de obra que é um dos principais gargalos na nossa região.

    Ângela Cleide do Nascimento, mobilizadora do Sindicato Rural, contou que mesmo antes da inauguração já foram realizados dois treinamentos. “Estamos muito animados com este espaço. A infraestrutura e o conforto contribuí para o aprendizado dos participantes”.

    Antes os cursos que precisavam de cozinha para as aulas práticas eram realizados na casa da mobilizadora. “Não tínhamos local adequado, mas não deixávamos de fazer, improvisávamos e capacitávamos as pessoas”.

    Ângela conta ainda que os treinamentos de promoção social são muito demandados. “Agora está aumentando a procura por cursos de capacitação de mão de obra para o setor de máquinas e implementos agrícolas”. A previsão para 2022 é realizar mais de 75 cursos. Pelo menos 10 a mais que a média dos últimos anos.

    A solenidade de inauguração do Nac, em Santa Cruz do Xingu, reuniu lideranças do setor agropecuário de toda região.  Estiveram presentes os presidentes dos Sindicatos Rurais de Vila Rica, Anísio Vilela Junqueira Neto, conhecido como Netão e de São José do Xingu, Fernando Tulha.

    Representantes regionais da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso e do projeto Patrulhamento Rural juntamente com as integrantes do Movimento Agroligadas também foram aplaudir a inauguração do Nac de Santa Cruz.

    A solenidade de inauguração do Nac, em Santa Cruz do Xingu, reuniu lideranças do setor agropecuário de toda regiãoDo Sistema Famato prestigiaram a inauguração, o vice-presidente da Famato e superintendente do Senar-MT, Chico da Pauliceia, o diretor administrativo e financeiro, Vilmondes Tomain e o assessor de relações institucionais do Senar-MT, Rogério Romanini. Representando a Acrimat, o vice-presidente e pecuarista Amarildo Merotti.

    ————————————————————————————————————————————————————————————————————————————————————

    SÉTIMA EDIÇÃO DA FEIRA NATURAL DO CAMPO TRAZ ARTESANATO

    Post Image

    Roupas em crochê e peças de decoração feitas em palha de babaçu. Essas foram as novidades para quem compareceu na edição da Feira Natural do Campo, desta quarta-feira (01.12).

    Juscimeire Maria de Arruda, artesã de Cuiabá, trouxe conjuntos, croppeds, coletes, mochilas e bolsas em crochê. Ela que tinha o crochê como hobby, o tornou profissão após ficar desempregada na pandemia. A Feira foi uma oportunidade de mostrar o seu trabalho.

    Artesanatos feitos em palha de babaçu”Minha filha me inscreveu e eu aceitei vir e mostrar os meus produtos”, afirma.

    Vindo de Nossa Senhora do Livramento, Juliano Pinto Moura, trouxe artesanatos feitos em palha de babaçu. “Comecei a produzir em 2010, depois de aprender sozinho”. Juliano, que já é experiente em feiras na sua cidade, afirma que essa é a primeira vez que expõe seus produtos em um shopping. “É a primeira vez que eu venho e estou achando bom”.

    Rita de Cássia, do Distrito de Aguaçu, expôs na Feira pela quarta vez, mas nessa semana também trouxe uma novidade: o feijão de corda. “Hoje uma cliente levou cinco pacotes porque lembra a infância dela e fazia muito tempo que não encontrava para comprar. É gratificante ajudar a relembrar essa memória”.

    Primeira vez – Esta edição foi a primeira da produtora rural Jucilene Moraes, do Distrito de Aguaçu. Ela trouxe variedades de alface, couve, jiló, maxixe, dentre e outros produtos. ” Sempre tive contato com o campo e agora vivo apenas dele. A Feira é uma oportunidade de nos tornar conhecidos”.

    A Feira realizará a sua última edição de 2021 na próxima quarta-feira (08.12), feriado municipal. O evento ocorrerá das 17h às 21h, no estacionamento do Shopping Estação Cuiabá.

    image.png

    Produtos frescos direto do produtor

    ——————————————————————————————————————————————————————————————————————————————————–

    EXPEDIÇÃO ARAGUAIA-XINGU ENCERRA MAIS UMA EDIÇÃO EM PARCERIA COM O SENAR-MT

    Post Image

    Encerra nesta sexta-feira (03.12) a edição 2021 da Expedição Araguaia-Xingu. A ação social é organizada pelo Poder Judiciário de Mato Grosso e parceiros. Neste ano, foram ofertados mais de 50 serviços diretos e indiretos, dentre eles o atendimento médico e odontológico possibilitado pela estrutura da Unidade Móvel de Saúde disponibilizada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT).

    As ações sociais passaram por seis municípios mato-grossenses, entre 16 de novembro e 03 de dezembro. Durante as atividades em São Félix do Araguaia, o Superintendente do Senar-MT Francisco Olavo Pugliesi de Castro, mais conhecido como Chico da Pauliceia, compareceu ao evento e conheceu de perto os serviços ofertados, a convite da presidente do Sindicato Rural local, Daniela Caetano de Brito.

    ” É uma satisfação ao Senar-MT participar de um evento como esse. Não é o primeiro ano que estamos juntos e certamente estaremos nas próximas edições novamente”, afirmou Chico da Pauliceia. Para a presidente do Sindicato Rural, essa é uma importante contribuição à comunidade local. “Aceitar o convite do TJ/MT é contribuir para a felicidade dos nossos munícipes”, destacou Daniela.

    Além de São Félix, Santa Terezinha, Luciara, Cocalinho, Santa Cruz do Xingu e São José do Xingu foram beneficiadas com a ação que oferta serviços gratuitamente à população local. Dentre eles está a emissão de documentos, doação de roupas e medicamentos, troca de lâmpadas, doação de mudas dentre outros.

    O juiz coordenador estadual do Justiça Comunitária, José Antônio Bezerra Filho, o Dr Tony, reforçou que a Expedição só ocorre graças às parcerias fechadas com o Poder Judiciário. Nesta edição mais de 100 profissionais das entidades e voluntários estão envolvidos. “O mérito desse evento é partilhado com todos. Deixamos cada cidade com o sentimento de dever cumprido”.

    Mutirão Rural – Além da Expedição Araguaia-Xingu, em que o Senar-MT participa como parceiro, a instituição organizou em 2021, três etapas do Mutirão Rural. O Mutirão ofertou serviços de cidadania gratuitamente a comunidades da região oeste, norte e noroeste de Mato Grosso, entre os meses de outubro e novembro.

    (Com assessoria TJ/MT)