Eduardo Paes cancela festa do Ano Novo no Rio de Janeiro

    0
    99

    Eduardo Paes segue uma orientação do governo do Estado; determinação ocorre em meio à chegada da variante Ômicron no Brasil

    O prefeito do Rio de JaneiroEduardo Paes (PSD), anunciou neste sábado, 4, o cancelamento da festa de Ano Novo na capital. O prefeito segue uma orientação do governo estadual, assim como outras cidades já fizeram, como é o caso de São Paulo e Salvador. “Respeitamos a ciência. Como são opiniões divergentes entre comitês científicos, vamos sempre ficar com a mais restritiva. O Comitê da prefeitura diz que pode. O do Estado diz que não, então, não pode. Vamos cancelar dessa forma a celebração oficial do Réveillon do Rio”, escreveu Paes em suas redes sociais. A determinação ocorre em meio à chegada da variante Ômicron no Brasil.

    O prefeito disse ainda que toma essa decisão com muita tristeza, mas afirma que não há como organizar um evento na magnitude do Réveillon carioca em garantias de todas as autoridades sanitárias. “Tomo a decisão com tristeza, mas não temos como organizar a celebração sem a garantia de todas as autoridades sanitárias. Infelizmente não temos como organizar uma festa dessa dimensão, em que temos muitos gastos e logística envolvidos, sem o mínimo de tempo para preparação”, justificou. Paes, no entanto, destacou que, apesar de ser uma orientação do Estado, o governador Claudio Castro estava sinalizando o contrário. “Se é esse o comando do Estado (não era isso o que vinha me dizendo o governador), vamos acatar. Espero poder estar em Copacabana abraçando a todos na passagem de 22 para 23. Vai fazer falta, mas o importante é que sigamos vacinando e salvando vidas”, finalizou. Na sexta-feira, 3, o prefeito estendeu a obrigatoriedade do passaporte de vacinação para o acesso a estabelecimentos como restaurantes, bares, hotéis e salões.