Medeiros critica Lula e lembra que o PT quebrou o país

0
86

Liderança conservadora de Mato Grosso, o deputado federal José Medeiros (PODE) volta a pregar união em torno da pré-candidatura à reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL) e faz duras críticas ao modelo de gestão do PT, que quebrou o país deixando mais de 14 milhões de desempregados e um rastro de corrupção.

“O povo brasileiro não esqueceu a roubalheira que foi o governo petista. O PT e o ex-presidente Lula podem falar sobre tudo, exceto de competência e probidade. Duas coisas básicas que eles não tiveram quando governaram o Brasil. Quebram o país e agora querem voltar ao poder. Não podemos deixar!”, declara Medeiros, que é vice-líder do governo Bolsonaro na Câmara Federal.

Pré-candidato ao Senado, Medeiros cita os avanços do governo Bolsonaro, apesar da crise econômica mundial agravada pela pandemia do novo coronavírus e suas variantes. Para ele, o governo demonstrou sensibilidade social ao investir mais de R$ 295 bilhões no auxílio emergencial.

“O auxílio emergencial beneficiou mais de 68 milhões de pessoas em 2020 e quase 40 milhões em 2021. Além disso, o governo, por meio do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, socorreu 517 mil empresas e preservou milhões de postos de trabalho com o Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda. Foram destinados bilhões de reais aos estados e municípios para o enfrentamento da pandemia, além da milhões de doses da vacina Covid-19. Tudo isso sem nenhum escândalo de corrupção”, comenta o parlamentar. Ele lembra ainda, dos investimentos na infraestrutura e na retomada de obras paralisadas que beneficiou todo o país, principalmente estados produtores como Mato Grosso.

Para o parlamentar, a direita conservadora precisa se unir para impedir que o PT volte a comandar o país. “Precisamos unir forças, lançar candidatos comprometidos de fato com os interesses do país e seu povo. Como o presidente Bolsonaro disse, não podemos deixar que um criminoso (Lula) seja reconduzido à cena do crime. Sempre é bom lembrar a frase do ex-senador Mão Santa. Ele dizia que o PT quando não está mentindo está roubando, quando não está roubando está mentindo”.