Após deixar União Europeia, Reino Unido importa quase 450% mais carne de MT

    0
    92

    Em 2022, até o mês de julho, o total embarcado soma 1,83 mil toneladas em equivalente carcaça (TEC) embarcadas

    Rodrigo Maciel Meloni Foto: Secex

    O Brexit, processo de saída dos países britânicos do Bloco Econômico da União Europeia (EU), foi benéfico para o mercado da carne de Mato Grosso: o estado aumentou as exportações de carne bovina para o Reino Unido desde sua saída da UE.

    É o que aponta o último boletim do Instituto Matogrossense de Economia Agropecuária (Imea). Dentre os fatores que contribuíram, destacam-se as mudanças nas taxas para produtos agrícolas também influenciaram neste movimento.

    O Reino Unido incrementou a importação da carne mato-grossense em 439% no comparativo entre 2021 e 2020. Em 2022, até o mês de julho, o total embarcado soma 1,83 mil toneladas em equivalente carcaça (TEC) embarcadas.

    Os dados constam no boletim do Instituto Matogrossense de Economia Agropecuária (Imea), que apontam que fatores como as mudanças nas taxas para produtos agrícolas também influenciaram neste movimento.
    O mercado chinês continua liderando com folga as compras da carne matogrossense, que seguiram acima do patamar de 30 mil TEC (tonelada em equivalente carcaça) no respectivo mês.

    Ao todo, incluindo os demais países que importam carne de Mato Grosso, foram embarcadas 46,51 mil toneladas em equivalente carcaça durante o mês de julho, o segundo maior volume neste ano.