Após polêmica, governo dá início à reforma na praça de Chapada dos Guimarães MT.

0
66

CONCLUSÃO EM 300 DIAS

Khayo Ribeiro khayo@gazetadigital.com.br João Vieira

Anunciada em abril deste ano e envolta em polêmicas, a reforma na Praça Dom Wunibaldo, que é um dos principais atrativos turísticos de Chapada dos Guimarães (67 km ao norte de Cuiabá), teve início nesta terça-feira (16) oficialmente.

A ordem de serviço, que garante o início das atividades no local, foi assinada pela secretária adjunta de Cidades da Sinfra, Rafaela Damiani, e divulgada na edição do Diário Oficial que circula nesta terça-feira.

No documento, fica autorizada a reforma da praça e a revitalização do entorno com a construção da rua Quinco Caldas. Após o início, a obra terá 300 dias para ser concluída.

Polêmica

Conforme divulgado pela reportagem, desde o momento do anúncio a obra dividiu opiniões.

De um lado, houve quem defendesse a reforça, destacando a necessidade de modernização. Já na outra ponta, grupo de pessoas criticou a forma como a reforma seria feita, sem consulta à população.

O Coletivo Cidade Sustentável chegou a ingressar com ação na Justiça contra a obra, alegando que não foram realizados os devidos estudos de impacto em relação aos sítios arqueológicos da região.

À época, a ex-reitora da UFMT, Myrian Serra, que representava o Coletivo, declarou que todos eram favoráveis a uma reforma, desde que respeitasse a memória histórica e cultural da cidade.

Galeria de fotos

image

image
image
image
image