Cuiabanas do pop se apresentam em show de Luísa Sonza em Cuiabá

0
88

Já pensou deixar a profissão para se dedicar à carreira musical e, de repente, ser convidado para se apresentar no mesmo palco que cantora Luísa Sonza? Esse é o grande momento vivido pelo duo Digrecco, formado pelas cuiabanas Camilla e Giovanna Di Grecco.

O projeto, que nasceu durante a pandemia, começa a ganhar os palcos de festivais e casas noturnas da cidade, dando sequência a um “sonho” de duas irmãs que se projetam ao mercado do pop.

Digrecco vai apresentar no Chá da Sonza, que acontece nesta quinta e sexta-feira (11) na Musiva, em Cuiabá. O evento – que é intitulado originalmente “Chá da Alice” – é considerado uma das maiores festas de música pop do Brasil e já recebeu grandes nomes de cenário brasileiro como Anitta, Pabllo Vittar, Gloriva Groove, Lexa, Ludmilla, além de outras cantoras do ritmo.

 

Divulgação

Digrecco

Em entrevista ao GazetaDigita, Giovanna narrou a emoção ao receber o convite para compor o line-up ao lado da cantora gaúcha. “Ficamos muito animadas com essa oportunidade, pois além de ser uma artista que gostamos muito, o Chá da Alice é um evento que já fomos e sonhamos em um dia estarmos no palco. Jamais imaginamos que aconteceria tão rápido na nossa carreira”, comenta Giovanna Di Grecco.

“Ficamos felizes por ser um evento muito importante que a gente já conhecia e por ter o público que a gente quer atingir. É um público que entende essa linguagem da performance do pop, conhece as músicas que a gente escolhe e gosta de cantar”, complementa Camilla.

Formadas em ballet clássico e arquitetura, Camilla e Giovanna resolveram deixar as profissões para se dedicarem à música após perceberem que não estavam felizes com o trabalho que realizavam na área.

No final de 2019, elas participaram de uma produção audiovisual realizada pela Disney Channel, gravada em Buenos Aires, na Argentina. No mesmo ano, retornaram aos palcos, em um espetáculo de dança em Cuiabá, cidade natal do duo.

“A gente se formou em arquitetura e não se encontrou na profissão, mesmo trabalhando em diversas áreas. Não tinha nada que encantasse a gente e começamos a trabalhar infelizes. Em 2019, a gente começou a ter contato com a dança através da nossa irmã que mora em Buenos Aires. A partir dai nós percebemos que tínhamos uma conexão muito grande com arte, a dança e a música”, comenta Giovanna.

 

Divulgação

Digrecco

Durante a crise da covid-19, as duas deram o “start” na carreira por meio de uma sequência de vídeos em um canal do Youtube. Camilla lembra que o processo foi importante para as duas criarem o DNA do projeto “Digrecco” e também para aprimorar um aparato técnico, que foi construído do zero.

“Por muito tempo a gente só conseguia fazer produções na internet e hoje em dia a gente reconhece que isso foi muito bom para a gente se conhecer, treinar, até mesmo porque a gente nunca tinha cantado juntas”, explica.

 

Em 2022, a dupla estreiou no cenário pop autoral com a canção e videoclipe de “Checkmate”, que já conta com 344 mil visualizações no Youtube. Agora, o duo planeja outros lançamentos que farão parte do primeiro EP de carreira das irmãs.

“Queremos produzir novas músicas, como a gente faz muita coisa na mão, os shows ocupam muito o nosso tempo porque a gente produz meio que tudo. Queremos novas produções e um planejamento maior para esse ano e para o ano que vem”, finaliza.

 

Galeria de fotos

image

Fonte:https://www.gazetadigital.com.br/editorias/cidades/