ESTEVE NO LANÇAMENTO; Botelho diz que ‘não sabia’ de reality show e pede devolução de dinheiro

    0
    101

    Pablo Rodrigo e Luis Vinicius redacao@gazetadigital.com.br Reprodução/Rede Social

    Após a repercussão negativa da destinação de R$ 450 mil de emenda parlmanetar para a realização de um reality show com digitais influencers, o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), Eduardo Botelho (União), solicitou a devolução do recurso para a Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel).

    Em ofício encaminhado na sexta-feira (24) ao titular da Secel, secretário Jeferson Carvalho Neves, Botelho afirma que ficou sabendo só agora de que “os referidos recursos estariam sendo utilizados para outra finalidade, qual seja a realização de um reality show, o que não se coaduna com o propósito da liberação dos recursos”.

    “Assim sendo, caso os recursos não sejam utilizados para a finalidade destinada, requer que seja avaliada a possibilidade de retomo dos recursos em questão”, completa o ofício.

    No entanto, Eduardo Botelho esteve presente no lançamento do reality sohw realizada no dia 21 junho, e chegou a discursar para os presentes sobre as potencialidades do turismo no Estado e sua culinária, o que contradiz o seu ofício de que não sabia da finalidade  do evento.

    “Vocês aqui dentro [da casa], eu tenho certeza que serão a caixa de ressonância para todos os outros influenciadores, e tenho certeza que eles também vão começar a vender e mostrar as potencialidades que nós temos no Estado”, disse no evento.

    O reality shw ‘Casa Digital’ ocorrerá em Várzea Grande, onde os participantes ficarão 8 dias confinados para produzirem conteúdos de divulgação do pontecial turístico do Estado. O vencedor ganhará R$ 25 mil. A apresentação será feita pelo ex-deputado Jajah neves.

    A repercussão negativa do envio da emenda parlamentar para o evento fez com que Eduardo Botelho recuasse. Porém, parte do recurso já foi pago pela Secretaria de Cultura.

    Vídeo