Flor Ribeirinha embarca para a Europa após dois anos sem turnê por causa da Covid-19

    0
    122

    O tradicional grupo cuiabano de dança Flor Ribeirinha de São Gonçalo Beira Rio embarcou nesta quarta-feira (22) para uma turnê na Europa após dois anos de hiato provocado pela pandemia de Covid-19. Durante este período de restrições, as atividades do grupo foram adaptadas para que eles não perdessem o ritmo.

    A equipe irá representar o país e o estado na Bulgária, Croácia e Eslovênia, entre os dias 24 de junho e 31 de julho.

    Grupo de dança Flor Ribeira embarca para a Europa depois de hiato provocado pela pandemia de Covid-19 — Foto: Assessoria/Divulgação

    Grupo de dança Flor Ribeira embarca para a Europa depois de hiato provocado pela pandemia de Covid-19 — Foto: Assessoria/Divulgação

    De acordo com a organização, eles foram escolhidos pela qualidade artística e para representar a pluralidade cultural do estado, uma vez que eles possuem um extenso repertório de danças.

    Na turnê, estão previstas mais de 40 apresentações artísticas em diferentes eventos, como no Festival de Folclore, em Maribor, na Eslovênia; Festival Karlovac, na Croácia; Festival em Mezdra, em Plovdiv e em Sofia, na Bulgária.

    Equipe embarca para a Europa para nova turnê — Foto: Assessoria/Divulgação

    Equipe embarca para a Europa para nova turnê — Foto: Assessoria/Divulgação

    Espetáculo

    Uma das atrações do Flor Ribeirinha será o espetáculo ‘Mato Grosso Dançando Brasil’, com danças de frevo, Boi Bumbá, samba, siriri e o famoso rasqueado.

    Em 2017, esse espetáculo do grupo conquistou o prêmio mundial no Festival Internacional de Arte e Cultura, na Turquia.

    A dança tipicamente mato-grossense, o siriri contagia com um ritmo envolvente com viola de cocho, mocho e ganzá, e o tradicional rasqueado cuiabano, para mostrar ao mundo o multiculturalismo presente nas regiões brasileiras.

    Fonte: https://g1.globo.com/mt/mato-grosso