Governo de MT amplia 40 leitos de UTI e 20 de enfermaria para tratamento da Covid-19

0
109
Entre segunda-feira (17.01) e sábado (22), foram abertos leitos no Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, e no município de Primavera do Leste, em parceria com o Estado

Nos últimos seis dias, o Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), abriu 40 novos leitos de Terapia Intensiva (UTI) e 20 leitos de enfermaria para o tratamento da Covid-19.

No Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, de segunda-feira (17.01) a sábado (22.01),  foram abertos 30 leitos de UTI e 20 de enfermaria.

A unidade hospitalar atua como a principal referência estadual para o atendimento de pacientes com coronavírus e tem 100% da sua atividade destinada ao atendimento de demandas causadas pela Covid-19.

Com essa ampliação, a unidade de saúde passa a contar com o total de 50 leitos de UTI e 50 leitos de enfermaria para o tratamento da doença.

De acordo com o secretário Estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, a gestão estadual monitora as taxas de contaminação e ocupação hospitalar pela Covid-19 em Mato Grosso e trabalha medidas para serem implementadas conforme necessidade.

“Envidamos esforços para garantir o atendimento hospitalar à população mato-grossense. Já estamos monitorando o cenário atual da pandemia no Estado e, caso seja necessário, trabalharemos para novas ampliações”, declarou Figueiredo.

Abertura de 10 leitos de UTI no Hospital São Lucas em Primavera do Leste
Créditos: Mayke Toscano/Secom-MT

Outras ampliações

O Governo Estadual, em parceria com o município de Primavera do Leste, também abriu, na última terça-feira (18), 10 novos leitos de UTI no Hospital e Maternidade São Lucas. Inicialmente, a SES irá financiar 100% do funcionamento, ou seja, R$ 2 mil a diária de cada um desses 10 novos leitos.

Esse valor será pago até que o município consiga a habilitação do leito por parte do Ministério da Saúde. Depois de autorizado e habilitado, o Governo Federal deverá investir R$1.600 e o Estado completará a diária com R$ 400.

Com essa ampliação, o Hospital e Maternidade São Lucas passará a contar com o total de 20 leitos de UTI e 30 leitos de enfermaria para o tratamento da doença.

Fonte: http://www.mt.gov.br/