JBS Couros reforça seu compromisso com as boas práticas e responsabilidade social e obtém verificação em suas unidades

0
48
image.png

Líder global em seu segmento teve unidades fabris em conformidade com padrão reconhecido no mercado mundial do varejo e da moda

Mato Grosso, 08 de dezembro de 2022 – A JBS Couros, divisão de processamento de couro da JBS, acaba de finalizar as verificações sociais de suas unidades seguindo o protocolo Higg FSLM – The Higg Facility Social & Labor Module, o qual é apoiado e utilizado pelas principais companhias do varejo e da moda de todo o mundo. A verificação atesta o respeito aos direitos humanos e trabalhistas em toda a produção e a existência de programas de bem-estar social para os colaboradores da JBS Couros dentro e fora do país.

O processo de verificação é resultado do foco e esforços das lideranças das unidades em conjunto com as equipes de RH, Qualidade, Sustentabilidade e Meio Ambiente da companhia. Ao longo de quatro meses, foram verificadas 15 unidades fabris da JBS Couros no Brasil, além daquelas situadas nos Estados Unidos, na Itália e na Argentina, programada para até o final deste ano. Na operação no Uruguai, outra verificação social, a Sedex Member Ethical Trade Audit (SMETA), foi executada e é um importante instrumento no ramo alimentício.

O processo de verificação social em cada unidade incluiu análise legal, documental e entrevistas com colaboradores. A pontuação final da empresa depende de fatores como o cumprimento da legislação trabalhista, as normas de segurança e aspectos da experiência do colaborador, como um ambiente de trabalho livre de assédios, com oportunidades de crescimento profissional e segurança física e moral.

“Guiados pelos valores e crenças da Cultura JBS, sempre atuamos sob padrões éticos, em compliance com a legislação, promovendo a igualdade e a diversidade no ambiente de trabalho e proporcionando o bem-estar dos nossos colaboradores. Essas são as práticas que adotamos em nosso dia a dia e que foram evidenciadas pelas verificações do Higg FSLM”, destaca Neilton Viana, diretor de RH da JBS Couros.

Em todas as suas unidades avaliadas, a JBS Couros obteve nota superior a 94%, com mediana de 96%. A mediana global apontada pelo Higg FSLM em 2022, considerando todas as empresas avaliadas pelo Passo 1 da metodologia, é de 93%.

A JBS Couros é atualmente a maior processadora de pele bovina e líder global no setor, tendo 22 unidades fabris, 5 centros de distribuição, 2 Centros de Pesquisa na Itália e muito mais. A empresa desenvolve couros nos estágios wet blue, semiacabado e acabado para os segmentos automotivo, moveleiro e de calçados e artefatos, por meio das marcas Zenda, V-Block, Virgus, Kind Leather, Authentic, Kind Leather Evo, Leather Labs, JBS USA Leather, Conceria Priante e Cambré.

Crédito Fotos: Tanajura Filmes

Sobre a JBS Couros

A JBS criou a unidade de negócios de couros em 2009 como importante parte de sua estratégia para agregar valor à cadeia produtiva. A JBS Couros é a maior indústria de processamento de couros do mundo, com 21 unidades produtivas, três unidades de corte, dois centros de distribuição, dois showrooms e quatro escritórios comerciais, em quatro continentes. Atualmente, a empresa conta com cerca de 9.000 colaboradores em todo o mundo e produz couros nos estágios wet blue, semiacabado e acabado para os setores automotivo, moveleiro, de calçados e artefatos. Nas linhas de processamento de couros, os procedimentos claros e padronizados, aliados a investimentos constantes em tecnologia e capacitação, fazem da JBS Couros uma das empresas mais modernas do mundo, transformando materiais orgânicos em produtos nobres e de qualidade, amplamente usados nas indústrias globais.

DV Comunicação