MT TEM MAIOR TRANSPARÊNCIA; Amazônia: estados restringem dados da extração ilegal de madeira

0
55

A devastação da floresta se acelera e baixo nível de transparência dos estados sobre o setor madeireiro segue estagnado

DO IMAZON  
Vicente Sampaio/Imaflora
Sem dados púbicos, análise sobre a extração de madeira na Amazônia fica difícil. MT e Pará são exceções

Enquanto a devastação da floresta amazônica avança em ritmo acelerado, o baixo nível de  transparência dos estados sobre o setor madeireiro segue estagnado.

Uma pesquisa que analisou a evolução da atividade na Amazônia, entre 1980 e 2020, revelou que há problemas no controle da cadeia nos nove estados que compõem a região, além de restrições de acesso a dados públicos.

E isso mesmo, após uma década da implementação da Lei de Acesso à Informação (LAI).