Musk desembarca no Brasil e se encontra com Bolsonaro

    0
    226

    Visita inclui a participação em um evento sobre conectividade na Amazônia, bem como o lançamento de serviço para conectar 19 mil escolas

    Bolsonaro e Elon Musk se encontram em hotel de luxo no interior de SP

    Foto: Divulgação

    O bilionário Elon Musk desembarcou no interior de São Paulo por volta das 9h desta sexta-feira, 20. O norte-americano foi recebido pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo ministro das Comunicações, Fábio Faria, em um hotel de luxo em Porto Feliz (SP).

    A visita ao Brasil inclui a participação em um evento sobre conectividade na Amazônia, bem como o lançamento do serviço de internet via satélite Starlink, ligado a uma das empresa de Musk, a Space X.

    Bolsonaro chama Elon Musk de ‘mito da liberdade’ em discurso:

    Em suas redes sociais, Musk se disse muito ‘emocionado em estar no Brasil’. Segundo ele, a Starlink promete levar internet de alta velocidade e acesso a 19 mil escolas brasileiras nas zonas rurais, além de monitorar a Amazônia.

    Bolsonaro recebe Musk em hotel de luxo de São Paulo
    Bolsonaro recebe Musk em hotel de luxo de São Paulo

    Foto: Divulgação

    Elon Musk e o ministro Fábio Farias
    Elon Musk e o ministro Fábio Farias

    Foto: Divulgação

    Ao anunciar a visita de Musk ao Brasil, Faria destacou o motivo do encontro: “A convite do ministro das Comunicações, Fábio Faria, o empresário @elonmusk chega ao Brasil nessa sexta-feira para tratar com o governo brasileiro sobre Conectividade e Proteção da Amazônia”, escreveu o ministro.

    O bilionário se reuniu com Faria em novembro, nos EUA, e na ocasião os dois discutiram o uso da tecnologia da SpaceX para levar internet a escolas de áreas rurais e para ajudar a combater o desmatamento da Amazônia.

    Atualmente, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), vinculado ao governo federal, monitora o desmatamento da floresta por satélites, incluindo alertas em tempo real. No passado, Bolsonaro questionou, sem apresentar evidências, a confiabilidade dos dados do Inpe, após o instituto apontar crescimento do desmatamento da Amazônia, gerando pressão internacional sobre seu governo.

    Elo entre Bolsonaro e Musk

    Musk fez recentemente uma oferta para assumir o controle do Twitter, em um movimento que foi comemorado por Bolsonaro e por seus apoiadores.

    O presidente teve na rede social uma importante plataforma durante a campanha que o elegeu em 2018 e publica frequentemente na rede. Candidato à reeleição neste ano, Bolsonaro deve novamente ter nas redes sociais uma ferramenta-chave de campanha.

    Musk tem sinalizado uma mudança de seu posicionamento político em direção à direita. Na quarta-feira ele afirmou em um tuíte que anteriormente havia votado no Partido Democrata, do atual presidente dos EUA, Joe Biden, mas que agora votará no Partido Republicano, do ex-presidente Donald Trump, de quem Bolsonaro é fã declarado.

    “No passado eu votei nos democratas, porque eles eram (em sua maioria) o partido da bondade. Mas eles se tornaram o partido da divisão e do ódio, então não posso mais apoiá-los e votarei nos republicanos”, escreveu Musk. (*Com informações da Reuters)

    Fonte: Redação Terra