Onça-pintada invade barco durante pescaria e rouba peixe no Pantanal de Mato Grosso; veja vídeo

0
536
MUNDO ANIMAL

G1

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um pescador que ficou a menos de um metro de uma onça-pintada que foi pegar um peixe que estava em uma embarcação ao lado da dele, nesta quinta-feira (23), no rio Aquidauana, no Pantanal de Mato Grosso do Sul.

De acordo com um pescador que não quis se identificar, o local em que as imagens foram feitas, fica na a região do Touro Morto, um ponto de pesca e também um local conhecido pela aparição do felino. Pelas imagens é possível ver a onça chegando até o barco. Em passos lentos, ela entra e vai até ao meio da embarcação retirar o alimento.

Ainda de acordo com o pescador, que publicou o material em uma página do instagram – Pescadores MS – ele alerta do risco dos dois homens que filmam o felino: “Apesar de ser um animal tão bonito, o que eles fizeram foi bastante arriscado. Felizmente ninguém saiu ferido, “finalizou

Segundo o tenente-coronel Ednilson Queiroz, da Polícia Militiar Ambiental (PMA), a orientação é jamais alimentar os animais que estão em seu habitat: “Com essa atitude eles estão mudando o hábito do animal e isto fará com que ele sempre fique próximo desta região. Isso poderá fazer com ele fique preguiçoso de procurar o alimento dele na natureza.

No mês passado, uma onça-pintada acompanhada do filhote foram flagrados passeando durante o dia em uma passarela de madeira, em Miranda, no Pantanal sul-mato-grossense. De acordo com o responsável pela imagem, o guia turístico Jacir Lelles, os felinos andavam tranquilamente sob a trilha.

Segundo Lelles, em tempos de pandemia, tem sido o momento em que tem aproveitado as horas vagas para fazer o que mais gosta, fotografar e fazer vídeos dos animais silvestres. O flagrante foi no último 10 de junho, na fazenda San Francisco.

Conforme o guia turístico, a propriedade é especializada em turismo ecológico e as onças costumam usar esta trilha, pois esta está sob um ambiente natural do Pantanal. O local que é uma área de vazante, permanece alagada por um período do ano conhecido como enchente e cheia: “Durante a transição da cheia para a seca aumenta a concentração de capivaras, jacarés e cervos-do-pantanal neste ambiente e este animais são as principais presas da onça-pintada aqui na Fazenda San Francisco”, explicou ao G1.

CLICK AQUI E VEJA VÍDEO