Poconé; Embate entre onça e sucuri em rio do Pantanal de MT.

    0
    253

    Por Rogério Júnior

    Onça perde luta para sucuri em Pantanal Mato-grossense

    Onça perde luta para sucuri em Pantanal Mato-grossense

    Uma onça-pintada foi flagrada, nessa terça-feira (02), ao perder a briga com uma sucuri no Rio Três Irmãos, no Parque Estadual Encontro das Águas, entre os municípios de Poconé e Barão de Melgaço. O registro foi feito pelo guia turístico Branco Arruda. (Veja o vídeo acima).

    De acordo com Arruda, a onça, que é conhecida dos funcionários do parque e recebeu o nome de Ibaca, caminhava pela água, às margens do rio, quando a cobra desceu pelo barranco e tentou escapar pela correnteza, mas o felino começou a luta.

    “A sucuri mordeu ela e escapou. É uma cena diferente e inesquecível. Não é toda vez que se vê isso. É muito raro”, contou.

    Ibaca perde luta para sucuri no Pantanal Mato-grossense — Foto: Branco Arruda

    Arruda acompanhava a cena com outros oito barcos de turistas que foram ao parque conhecer a biodiversidade ecológica do local. Segundo ele, foi a segunda vez naquele dia que a onça perdeu uma luta em busca de alimento.

    “Eu a encontrei às 9h30 tentando pegar um jacaré, mas não conseguiu porque errou o bote. Depois subiu a margem do rio, enquanto a gente acompanhava de barco”, relatou.

    Ibaca é flagrada descansando em tronco de árvore no Pantanal Mato-grossense — Foto: Branco Arruda

    Ibaca é flagrada descansando em tronco de árvore no Pantanal Mato-grossense — Foto: Branco Arruda

    Raro de se ver

    Ao g1, o biólogo Gustavo Figueirôa explicou que as sucuris também são presas das onças-pintadas e estão na mira delas na cadeia alimentar.

    “Essa é uma cena normal, mas não é muito fácil de ser vista, não é tão fácil de observar. Uma vez, eu cheguei a ver, mas foi uma caçada frustrada também: a onça não conseguiu pegar a sucuri”, relembrou.

    Onça tenta comer sucuri, mas acaba perdendo a luta — Foto: Branco Arruda

    Onça tenta comer sucuri, mas acaba perdendo a luta — Foto: Branco Arruda

    Segundo Figueirôa, a onça é uma excelente nadadora, mas, neste quesito, a cobra ainda domina a água e se sai melhor nessas situações.

    “Parece que é simples para uma onça desse tamanho pegar uma sucuri, mas não é. A sucuri conseguiu se livrar e entrou na água, apesar da onça nadar muito bem, mas esse é um território da cobra”, contou.

    O biólogo completou que nem sempre o felino consegue acertar. “É uma cena normal de tentativa de predação e, como faz parte da natureza, a onça não consegue sucesso 100% das vezes”, disse.