RODOVIA; Thiago Silva propõe a criação de Frente Parlamentar da BR-163/364 na ALMT

0
44

Com as falhas existentes na malha viária da BR-163/346 que interliga os municípios de Itiquira à Sinop, o deputado estadual Thiago Silva (MDB) propôs a criação de Frente Parlamentar para tratar de assuntos correlacionados à rodovia, nesta quarta-feira (15), na Assembleia Legislativa, para promover discussões referente a estadualização, manutenção e cobrança de pedágios na via aos usuários.

“Requeremos a constituição de uma Frente Parlamentar em prol da BR-163/164 para discutirmos todos os imbróglios existentes nesta importante rodovia que enfrenta falhas na malha viária – em grande parte dos trechos – sejam das regiões sul, sudeste, Baixada Cuiabana e no norte do Estado. Precisamos ficar atentos, pois é nesta via que trafegam veículos com cargas pesadas – principalmente para o escoamento da nossa produção agrícola e não podemos interferir na logística e na condução de outros tipos de veículos pelos usuários”, frisou o parlamentar.

Ele acrescenta que o maior propósito da frente é trabalhar juntamente com o governo estadual e a bancada federal para solucionar todas as problemáticas que interferem na segurança e na integridade física dos usuários, como, também, interferências na logística e as dificuldades na trafegabilidade de veículos no trecho. Também, ressaltou a importância de identificar situações que possam necessitar na captação de recursos para maiores investimentos.

Frente – Com a aprovação, o requerimento foi encaminhado para a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) para aprovação. Logo, com parecer favorável, será votado pelos parlamentares, em sessão plenária, na Casa de Leis, onde Thiago Silva será o coordenador-geral da Frente Parlamentar da BR-163/364 e contará com a participação de mais oito parlamentares de diferentes regiões e grupos políticos.

Dentre os assuntos a serem discutidos e acompanhados, são a estadualização da BR-163/364 que teve a assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), no dia 4 de outubro de 2022, para o Governo de Mato Grosso obter a concessão, por meio da MT Participações e Projetos S/A (MTPar), que será responsável pelo início das obras, com previsão para o primeiro semestre de 2023 e término no ano de 2025, cujo investimento é de R$ 1,2 bilhão.

No momento, é aguardado o parecer da Caixa Econômica Federal (CEF) para a renegociação das dívidas referente aos valores devidos pela Concessionária Rota do Oeste. Logo que for resolvido, serão realizadas obras em trechos prioritários a serem duplicados e definidos pela gestão estadual que são a rodovia Imigrantes, em Cuiabá – do KM 321 e KM 353 -, entre o Posto Gil e Nova Mutum – localizado em meio ao KM 507 e KM 603 -, e a travessia urbana de Sinop que fica situado entre o KM 823 ao KM 834.

Também, outra pauta que Thiago Silva pretende discutir é a injustiça quanto à cobrança de tarifas em três pedágios ao usuário – entre Rondonópolis, Jaciara e Cuiabá – diante das péssimas condições na BR-163, que colocam vidas em risco de morte com os buracos e crateras grandes existentes.

Frente – As normas para criação e funcionamento das frentes parlamentares foram incluídas no regimento interno da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, por meio da Resolução nº 2.081, de 07 de julho de 2011.

Samantha dos Anjos

Assessora de Imprensa de Gabinete
Deputado Estadual Thiago Silva (MDB)