Secretário-adjunto de Saúde é internado e entubado com suspeita de coronvírus

    0
    217

    Da Redação – Max Aguiar

    Foto: Reprodução

    A Secretaria Municipal de Saúde de Sinop (distante 503km de Cuiabá) confirmou que o secretário-adjunto da Pasta, Wirciley Fonseca, está entubado desde a noite de domingo (29) por apresentar tosse e desconforto respiratório. Ele, que também é engenheiro sanitarista, já estava sendo monitorado em casa, porém precisou ser hospitalizado para proteger os pulmões.
    Segundo o secretário Kristian Barros, a cidade tem vários casos suspeitos, com sintomas leves de novo coronavírus. Eles estão sendo monitorados em casa, porém o caso de Fonseca requer maiores cuidados, por isso ele está internado e recebendo ventilação mecânica.

    O caso do secretário adjunto-ainda ainda é tratado como suspeita, porque os exames que comprovariam a presença de novo coronavírus em seu corpo ainda não foram revelados. Ele é tratado como o primeiro caso grave na cidade.

    “No domingo, o primeiro caso de covid-19 com sintoma moderado deu entrada no Hospital Regional. O secretário Wirciley Fonseca deu entrada com muita tosse e desconforto respiratório. Ele já estava sendo monitorado em casa. Hoje, após os exames, foi verificado que era necessário entubar, para diminuir o esforço respiratório e dessa maneira proteger os pulmões”, explicou o secretário Kristin Barros.
    Em Sinop ainda há suspeita de existir mais um caso de coronavírus. Além do secretário-adjunto, uma idosa também está internada e sendo monitorada conforme todos os protocolos.

    “Quero pedir cautela nas informações. Nesse momento quero pedir orações e que vocês continuem em casa. Nós, da Secretaria de Saúde, somos a frente da batalha. Muitos continuarão em pé, outros não. Mas no final com certeza venceremos”, completou o gestor. Por enquanto, outros casos suspeitos em Sinop estão sendo acompanhados pelos profissionais da Saúde municipal de casa. Foi orientado que quem estiver com os sintomas no novo coronavírus e ainda não estiver com febre, cansaço e falta de ar, que permaneça em casa e só procure as unidades de saúde em casos de urgência.