Setor imobiliário de MT dribla crise com venda de 9.175 residências

0
121

Mesmo com a crise econômica, o setor imobiliário de Mato Grosso passa por um momento de crescimento. Empresas estão vendendo até 35% a mais do que foi comercializado em Mato Grosso. Os dados mostram que foram vendidas 4.400 casas em 2020 e em 2021 9.175 unidades. Os financiamentos dos mato-grossenses já somam mais de R$ 2 bilhões em 2021.

O engenheiro, Patrick Araújo, disse que estava em busca de um terreno para a construção de sua primeira casa própria, depois de visitar alguns locais ele já escolheu o seu preferido e está acertando os últimos detalhes da compra.

“Na verdade, é que tem bastante ofertas de terrenos, então a gente fica meio em dúvida, mas vai pesquisando pelo valor e já encontramos sim”, disse.

A corretora Márcia Carmo disse que o processo se dá com o correspondente bancário, que faz a análise da documentação e libera o crédito. Para ela, o novo sistema melhorou as vendas.

Número foi bem maior do que o registrado em 2020 — Foto: Divulgação

Número foi bem maior do que o registrado em 2020 — Foto: Divulgação

Segundo ela, as vendas da empresa aumentaram 35% em 2021. “Hoje nós temos famílias que apenas sonhavam em ter a casa própria, hoje eles estão realizando seus sonhos, graças às modalidades de créditos e juros”, destacou.

A corretora de imóveis, Suzana Ribeiro, diz que dobrou o número de vendas no ano passado. Na empresa em que ela trabalha, um imóvel de 39 metros quadrados é vendido abaixo de R$ 180 mil. A renda da pessoa tem que ser de até R$ 7,2 mil para entrar na faixa do programa Casa Verde e Amarela, do governo federal.

O economista Fernando Henrique destaca que o crédito está mais barato e lembrou da sinalização do governo de reduzir ainda mais os juros do programa habitacional.

Fonte: https://g1.globo.com/mt/matogrosso