Will Smith – Entre lacradores compulsivos e defensores aguerridos, o balanço nervoso nas redes.

0
121

Will é uma fera genial da dramaturgia, a prova inconteste foi a estatueta conquistada com a película tocante e a interpretação impecável… Fãs agradecem o reconhecimento. Vi o filme. Merecidíssimo.

A bofetada intempestiva e no calor das emoções, pós agressões de piadinha sem graça, ganhou o mundo e dividiu opiniões.

Mulheres se sentiram atraídas pela demonstração de proteção sem limites e o amor sem acintes… Todas querem um homem assim pra chamar de seu.

O lacre contra a violência foi raivoso, ruidoso e condenatório, defensores de uma frieza que ninguém tem, querem e torcem inclusive, para que a academia tome de volta a estátua, derreta em forno de cremação e levem o cara ao açoite… Tem que lacrar com força se não acessos são tímidos.

O engraçado desta história, que em paralelo aconteceu em plena guerra, onde famílias inteiras tem sido vitimadas e os chefes dessas famílias não tem a oportunidade de estapear Putin, assistindo suas mulheres serem agredidas, suas famílias desabrigadas e suas vidas esfaceladas, infelizmente não contam com o mesmo vigor do episódio cinematográfico e essa repercussão ilimitada… Já deu, Deus nos livre, é meme demais.

Will veio a público, se desculpou, admitiu a intempestividade e erro e mesmo assim, continua sendo violentamente massacrado pela virtualidade sem limites e fronteiras… A reação de raiva pessoal, se transformou em ódio mundial

No Brasil os de sempre né? Artistas que ao invés de cantar e atuar correndo atrás de Quiquitos ou até Oscars, ficam dando pintas, falando montes de nada em shows e mostrando bundas empinadas… Will deve estar preocupado e se debulha em lágrimas e preocupações em Los Angeles.

Por favor, gastem energia grilando com o russo desvairado e perdoem o artista revoltado… Queria ver se fosse com as mulheres ripongas desses caras.

Continuo achando Smith um fera e sendo muito fã de tudo que faz.

Como a onda do mendigo, tudo passa nas redes. Amanhã será outro dia, Anitas Vitares e Caetanos, vão arrumar outras bandeiras.